Missão e Histórico

MISSÃO

A FEBAB, fundada em 26.07.1959, é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade de São Paulo, com prazo de duração indeterminado.

É constituída por entidades-membro – associações de bibliotecários e cientistas da informação, instituições filiadas e pelos órgãos: deliberativos – Assembléia Geral e Conselho Diretor; executivo – Diretoria Executiva; de fiscalização – Conselho Fiscal; de assessoria – Comissões Brasileiras e Assessorias Especiais.

Desde de seu nascimento a FEBAB tem como principal missão defender e incentivar o desenvolvimento da profissão. Tem como objetivos congregar as entidades para tornarem-se membros e instituições filiadas; coordenar e desenvolver atividades que promovam as bibliotecas e seus profissionais; apoiar as atividades de seus filiados e dos profissionais associados; atuar como centro de documentação, memória e informação das atividades de biblioteconomia, ciência da informação e áreas correlatas brasileiras; interagir com as instituições internacionais da área de informação; desenvolver e apoiar projetos na área, visando o aprimoramento das bibliotecas e dos profissionais; contribuir para a criação e desenvolvimento dos trabalhos das comissões e grupos de áreas especializadas de biblioteconomia e ciência da informação.

A FEBAB possui a seguinte estrutura:

Diretoria Executiva;
Presidente;
Vice-Presidente;
Diretor Administrativo e Financeiro;
Diretor de Comunicação e Publicação;
Diretor de Promoção de Eventos;
Diretor de Formação Política e Profissional;
Diretor Regional (um por região geográfica).
Comissões Brasileiras de Bibliotecas

HISTÓRICO

Surgindo de proposta apresentada por Laura Russo e Rodolfo Rocha Júnior no 2o. Congresso de Biblioteconomia e Documentação, em Salvador, a FEBAB foi fundada em 26 de julho de 1959, tendo como principal objetivo defender e incentivar o desenvolvimento da profissão. Segundo os proponentes “ sua criação tornava-se imperativa para a categoria, na medida em que com o passar do tempo ‘…os problemas da classe e das bibliotecas foram se aviltando, dado o processo da técnica e da ciência’ “ (CASTRO, César. História da biblioteconomia brasileira. Brasília: Thesaurus, 2000. p. 178).

Ao longo de sua história muitos documentos foram elaborados contemplando as atividades desenvolvidas e que se encontram publicadas nos boletins, jornais e revistas da FEBAB. Quando da comemoração de seus 30 anos, um número especial do Jornal da FEBAB foi elaborado proporcionando um breve resumo de cada gestão até aquele momento, e que se encontra reproduzido a seguir.